Informações do Post - - Andrea Rosevell - - 20 de setembro de 2019 | - 7:48 - - Home » » » - - Sem Comentários

Aos irmãos policiais militares e bombeiros militares de Sergipe

Travamos uma luta incansável pela validação da Lei de Subsídio dos militares da reserva. Nos articulamos e realizamos diversos atos, clamando pela sensibilidade dos gestores do nosso Estado. Foram várias idas e vindas ao Tribunal de Contas, reuniões em gabinetes, consultas a advogados: uma batalha árdua. Mas hoje, podemos finalmente celebrar essa vitória! A lei beneficiando os reformados da Polícia Militar foi sancionada nesta sexta-feira (20), e mesmo tendo se passado um bom tempo até que fosse reconhecido o nosso direito, a justiça foi feita.

É momento de demonstrar gratidão; primeiramente a Deus, por renovar a nossa esperança num futuro em que nossos esforços sejam recompensados; em segundo lugar, precisamos reconhecer e parabenizar cada um dos presidentes das associações militares, em especial o sargento Morais, presidente da Associação dos Militares da Reserva e Pensionistas do Estado de Sergipe, sargento Noel e cabo Murilo. Também não podemos esquecer a importante contribuição do amigo deputado estadual capitão Samuel e do Comando da PM, por mediar as tratativas com o Governo do Estado, e ao governador Belivaldo Chagas por ter honrado a palavra e disponibilizar a sua equipe para encontrar uma solução para o nosso pleito.

Estamos felizes em anunciar para os 2.900 policiais e bombeiros militares e 850 pensionistas que eles voltarão a receber o subsídio, muito em breve. Os dias de penitência chegaram ao fim, mas também queremos lembrá-los que há uma nova luta pela frente. Será preciso recorrer à Justiça para receber o benefício do período anterior à data de sanção da Lei. A Associação dos Oficiais Militares de Sergipe (Assomise) está preparada para ir à luta, mais uma vez, para fazer valer os direitos da nossa categoria. Estamos desde já de portas abertas para acolher as demandas daqueles que precisarem de uma mão forte para travar as batalhas.

Cel. PM Adriano Reis
Presidente da Assomise

Deixe uma resposta