Informações do Post - - Andrea Rosevell - - 17 de outubro de 2017 | - 1:26 - - Home » - - Sem Comentários

Goretti Reis busca apoio da SSP para a implantação da Patrulha Maria da Penha em Sergipe

Na manhã de hoje, 17, a presidente da Frente Parlamentar em Defesa das Mulheres e secretária da Secretaria de Saúde da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), deputada estadual Goretti Reis, mais uma vez se reuniu com o secretário de Estado da Segurança Pública, delegado João Eloy para solicitar a implantação, na rede de atenção à vítima de violência doméstica, a ‘Patrulha Maria da Penha’ em Sergipe. Também na reunião, Valdilene Oliveira da OAB, delegadas Renata Aboim, Gisele Martins, Ana Paula Moreira, Mariana Diniz, Maria do Socorro Carvalho, Viviane Pessoa, Josefa Valéria, a PM Svetlânia e a deputada Ana Lucia.

IMG_6076Durante a reunião, a presidente da Associação de Mulheres da Segurança Pública, PM Svetlânia Barbosa Silva, apresentou a possibilidade de liberação de verba de emenda parlamentar, extamante destinada para a Patrulha, diante disso e devido ao curto prazo para solicitação dessa verba, Goretti viajou a Brasília, para pessoalmente, solicitar dos parlamentares federais, a vinda desse recurso para Sergipe.

O secretário João Eloy recebeu a todas e já se comprometeu em discutir com o comando da Polícia Militar a viabilidade da implantação dessa Patrulha em Sergipe. “São temas relevantes e que muito nos interessa. Formas de prevenção de violência contra a mulher. Vamos avaliar juntamente com o comando da PM e em um próximo encontro traçaremos as ações para a implantação da Patrulha. Em parceria com prefeituras e os órgãos envolvidos com a causa”, pontuou João Eloy.

IMG_6074“Como parlamentar temos um maior acesso aos deputados federais e senadores e assim temos que ir em busca de formas para beneficiar Sergipe. Hoje mesmo estarei com eles e vou mostrar a importância dessa Patrulha para as sergipanas que, infelizmente, ainda sofrem com a violência doméstica. Agradeço a participação de todos e em especial ao secretário João Eloy, por nos receber e e sinalizar para atender nossa solicitação. Com esses parceiros os trabalhos da Frente ficam mais fáceis. São pessoas engajadas em uma causa que acarreta sofrimento em todos os membros da família. Impossível resolver os problemas de violência doméstica sozinho. Precisamos de união do estado, município e das instituições, e isso em Sergipe, já temos”, finalizou a parlamentar.

Sobre a Patrulha Maria da Penha

Envolve uma ação integrada entre a Polícia Militar, Judiciário, estado e prefeituras. O serviço visa prestar acompanhamento às mulheres que já receberam medidas protetivas pelo Juizado da Violência Doméstica e Familiar determinadas pela Lei Maria da Penha, visitas periódicas da Policia Militar, como um dos serviços da rede de atendimento às mulheres em situação de violência.

Da Assessoria de Imprensa da Parlamentar

Deixe uma resposta